Desenvolvimento

Você sabe o que é mentoring? Veja 5 benefícios para a sua empresa!

Escrito por DorseyRocha

Atuando na direção de RH, você com certeza já se questionou ou foi perguntado sobre o que é mentoring. Apesar de ser semelhante ao coaching — outra tendência do momento —, a ideia dessa prática é permitir a evolução dos colaboradores que têm grande potencial de desenvolvimento.

O objetivo do mentoring é garantir o crescimento da empresa por meio do aprimoramento do desempenho dos colaboradores. Por isso, essa abordagem também inclui os jovens profissionais, como trainees e recém-contratados, que podem oferecer resultados melhores e alinhados à estratégia organizacional.

A questão é: o que o mentoring realmente implica e quais benefícios oferece ao negócio? Essa é a pergunta que responderemos neste post. Além disso, também veremos de que maneira o mentoring contribui para o desenvolvimento dos menos experientes. Confira!

O que é mentoring?

Esse é o processo por meio do qual um mentor, que deve ser um profissional com grande competência e experiência, atuará para desenvolver o mentee, termo em inglês que define o aprendiz. Pela sua atitude de liderança e maturidade, o líder guiará o desenvolvimento do colaborador para que as expectativas da empresa sejam alcançadas.

Por isso, o mentor deve ser bom ouvinte, gostar de pessoas e ter facilidade em ajudá-las. Perceba que seu entusiasmo interfere nos resultados e impacta diretamente no processo de orientação. Portanto, quanto mais ligação tiver com os colaboradores, melhor.

Essa é uma tendência em desenvolvimento e que visa a formação de equipes de alta performance. No entanto, em vez de contratar novos talentos, a proposta é qualificar os existentes para que tenham um desempenho melhor.

Em outras palavras, as ações do mentoring têm a finalidade de preparar os colaboradores de maneira dinâmica, holística e consciente para que executem suas funções da forma mais adequada. Portanto, essa é uma ferramenta de desenvolvimento humano.

Como resultado, o colaborador se torna um aliado da empresa. O mentor fortalece os valores e a estrutura política da empresa, assim como define os contatos e o acesso aos recursos necessários para a função. Por isso, é imprescindível que esse líder tenha autoridade e represente os valores organizacionais.

Dessa forma, os colaboradores terão acesso aos meios necessários para desempenhar suas atividades adequadamente e de acordo com o planejamento estabelecido pela empresa — que é um dos fatores de principal importância dessa abordagem.

Com o mentoring os colaboradores conseguem trabalhar melhor sua inteligência emocional, além de executar suas atividades em conjunto e de forma integrada aos demais colegas. O alcance de metas também é facilitado e os mentores oferecem um legado positivo para a organização.

Como o mentoring contribui para o desenvolvimento dos menos experientes?

A transferência de conhecimentos e informações pode ocorrer por meio de diversas ações, como treinamento corporativo, orientação, feedbacks, coaching, aconselhamento, suporte, atividades individuais e projetos em grupo. Outra opção é o mentoring que pode ser usado como uma ferramenta para desenvolvimento de competências e reforço da cultura empresarial.

Em relação aos colaboradores menos experientes, o mentoring tem a capacidade de aproveitar o potencial interno da organização e o conhecimento dos profissionais mais experientes para melhorar o desempenho de quem está apenas começando.

Dessa forma, é possível impulsionar a criatividade e a inovação, que impactam positivamente na competitividade do negócio. Além disso, esses novos colaboradores conseguem se adaptar mais rapidamente à cultura organizacional.

Quais são os 5 benefícios para o desenvolvimento profissional?

O mentoring pode ser aplicado na empresa por meio de um programa interno, que ajuda a fortalecer os relacionamentos entre mentor e colaboradores e oferece conhecimentos práticos para aprimorar a experiência de ambos os lados. A consequência é um ambiente organizacional favorável para a alta performance, bem como para o desenvolvimento de futuros líderes e profissionais competentes.

Todos esses aspectos podem ser verificados a partir de benefícios específicos, como os que listamos a seguir.

1. Melhora o ponto fraco dos colaboradores

Essa vantagem é conquistada por meio do equilíbrio emocional e trabalho conjunto entre os membros da equipe e da empresa. O resultado é a melhoria do alcance dos objetivos organizacionais e a evolução profissional dos colaboradores.

Em outro âmbito, esse progresso impacta na satisfação interna individual, o que incentiva o funcionário a permanecer na empresa — pois ele compreende sua responsabilidade e contribuição para o alcance de metas. Com isso, o turnover é consequentemente reduzido.

2. Desenvolve os menos experientes

Uma das principais funções do mentoring é orientar quem está entrando na empresa e também aqueles que têm menos vivência profissional. Por isso, essa abordagem alia a disposição e vivacidade ao conhecimento dos mentores para fornecer uma visão mais ampla ao colaborador.

Devido a essa característica, é imprescindível estabelecer debates e conversas sobre assuntos relacionados ou não ao trabalho. Nesse processo, o mentor deve estar aberto a novas ideias e repassar feedbacks constantes para que o mentorado conheça suas fraquezas, limites e forças.

É dessa maneira que se torna mais fácil explorar o potencial do colaborador e desenvolver um respeito natural. O repasse do propósito e dos valores também é simplificado, inclusive porque os integrantes da equipe conseguem visualizar claramente quais comportamentos, ideias e posturas são seguidos pelo mentor.

3. Favorece o desenvolvimento de uma cultura de diversidade

Os mentores contribuem para a evolução e a adaptação dos indivíduos, impulsionando o aproveitamento do potencial oferecido pela diversidade da equipe de colaboradores, aspectos relativos a raça, religião, gênero, opção sexual, escolaridade e formação.

Assim, podem enriquecer as soluções dos problemas e se preparar para ocupar posições na organização. O mentor pode oferecer apoio a essas pessoas para que mostrem seu trabalho e a relevância de suas contribuições com a máxima qualidade.

4. Aumenta a satisfação da equipe

Os membros de um setor ficam mais motivados a partir do mentoring porque percebem a oportunidade de contribuir e sugerir estratégias inovadoras. Da mesma forma, são capacitados e compreendem seus papéis na organização.

Eles usam as orientações repassadas como um direcionamento das condutas pessoal e profissional. A partir disso, são capazes de elaborar o caminho até onde desejam chegar, considerando prioridades, objetivos e oportunidades disponíveis.

5. Aumenta a autoestima e a autorrealização dos mentores

Os profissionais que atuam como mentores experimentam um alto grau de realização profissional pela oportunidade de compartilharem suas experiências e conhecimentos com colaboradores mais novos, que ainda estão no início de suas carreiras.

Com isso, a empresa evita que conhecimentos e experiências adquiridos ao longo de carreiras bem-sucedidas sejam perdidos devido à aposentadoria ou ao desligamento do mentor da organização.

Essa é uma estratégia imprescindível para o sucesso da organização e a garantia de desenvolvimento de talentos para ter uma equipe de alta performance. Agora que você já sabe o que é mentoring, que tal aplicar essa ideia na sua empresa? Siga as dicas passadas neste post e aproveite os benefícios!

Gostou do assunto? Veja outras dicas relevantes para o seu negócio seguindo nossos perfis nas redes sociais. Estamos presentes no LinkedIn, no YouTube, no Twitter e no Facebook.

Sobre o autor

DorseyRocha

Deixar comentário.

Share This