Desenvolvimento

Saiba como transformar o RH em um setor estratégico da empresa

Escrito por DorseyRocha

O mundo corporativo exige que as empresas realizem estratégias de negócio diferenciadas. Nesse cenário, o caminho é transformar o setor de Recursos Humanos em um RH estratégico, que visa à uma mudança de gestão e atua como facilitador para a conquista de resultados significativos e dos objetivos traçados pela organização.

Essa área tem como objetivo fundamental modificar os resultados obtidos pela empresa por meio de intervenções específicas, que têm por intuito garantir a alta performance das equipes. Portanto, também trabalha com a qualidade dos talentos selecionados, que devem ser retidos quando atendem às demandas do negócio.

Para entender melhor esse contexto, neste post explicaremos o que significa ter um RH com approach estratégico, suas diferenças para o modelo tradicional de gestão, quais ferramentas são essenciais e as funções que deve exercer.

Continue acompanhando!

O que é um RH estratégico?

Essa área é aquela que influencia e atua diretamente com o planejamento e a execução da estratégia de negócios da empresa. Por isso, sua real função é a de assessorar e prestar subsídios cognitivos à direção da empresa em assuntos referentes à:

  • qualidade dos talentos que estão inseridos na organização;
  • desenvolvimento das equipes e individual;
  • políticas de manutenção dos Recursos Humanos;
  • produtividade;
  • qualidade total, ou seja, melhorar as pessoas para aprimorar os processos e impactar positivamente os produtos.

Dessa forma, o approach estratégico do RH deixa de ser representado por equipes técnicas que respondem pela execução de determinado serviço. Na verdade, é um setor consultor composto por um profissional, que pode ter a colaboração de assistentes, de acordo com a estrutura empresarial.

Em suma, essa abordagem do RH tem o intuito de participar e assessorar a formação de macrodiretrizes para modificar o perfil de resultados e, consequentemente, os lucros do empreendimento. Isso é conquistado pela agregação de valor por meio do capital humano existente na empresa.

O que diferencia o RH estratégico?

A área que atua com esse viés participa da formulação da estratégia empresarial e discute os desafios com o C–Level. Com isso, consegue antecipar tendências e necessidades da organização, além de definir o que será preciso fazer em termos de políticas e práticas de recursos humanos para sustentar o sucesso da estratégia.

Nesse contexto, o RH com viés estratégico pode ser considerado uma evolução bem-sucedida do próprio setor de Recursos Humanos. Ele deve executar as mesmas funções, inclusive atração e seleção de colaboradores, sua integração, desenvolvimento, compensação e avaliação de desempenho.

A diferença é que essas atividades devem ser realizadas de forma alinhada à estratégia. Por exemplo: no contexto atual de transformação digital, várias ferramentas, como robótica, inteligência artificial (IA) e Big Data, assinalam modificações enormes no ambiente empresarial e na operação das organizações.

Por isso, o RH passa a atuar em parceria com as áreas de negócios, operações, marketing e vendas para identificar oportunidades, bem como preparar lideranças e colaboradores para tirarem proveito dessas tecnologias e enfrentarem os desafios existentes. Dessa forma, é possível se antecipar à concorrência.

Percebe-se aí uma quebra de paradigma. Se antes o RH tático-operacional atuava como prestador de serviços e, portanto, gerava despesas, o caráter estratégico contribui significativa e diretamente aos objetivos delimitados. Assim, vários avanços foram verificados, especialmente em relação à vantagem competitiva.

Quais ferramentas são essenciais?

Para que as finalidades citadas até aqui sejam alcançadas, é necessário adotar recursos que auxiliem a implementação do critério estratégico dos Recursos Humanos. Entre as principais estão:

  • softwares específicos e sistemas tecnológicos informatizados, como o ERP (planejamento de recursos empresariais), que reúne os dados do negócio e os tornam acessíveis;
  • integração da área de RH com os demais setores da empresa;
  • processos de treinamento e desenvolvimento aos colaboradores para embasar a estratégica de negócio, por exemplo, por meio de escolas de liderança e de negócios ou universidades corporativas;
  • procedimentos de gestão de desempenho;
  • análise de riscos e gerenciamento antecipado de passivos trabalhistas;
  • sistemas de incentivo e remuneração variável;
  • criação de uma cultura de meritocracia.

Quais são as funções do RH estratégico?

A principal responsabilidade dessa área é oferecer suporte para o desenvolvimento sustentável da organização. É preciso considerar que o ideal é equilibrar os resultados organizacionais e os colaboradores, já que esses fatores estão inter-relacionados. 

Devido à essa característica, é preciso tomar atitudes proativas, que integrem e compatibilizem os pensamentos e os objetivos de todos os setores empresariais. Afinal, o RH perpassa todo o ambiente corporativo e está diretamente relacionado ao planejamento estratégico.

Então, o que fazer? Algumas boas práticas estão descritas, a seguir.

Ampliar a interação com outros setores da empresa

O RH atua de maneira integrada às outras áreas. É preciso dialogar com marketing, produção, financeiro, jurídico, vendas, logística, entre outros departamentos. Dessa forma, o gestor realiza a intermediação entre as divisões do negócio, sempre considerando o capital humano presente na organização. 

Construir e manter uma cultura focada em resultados e meritocracia

A atuação estratégica do RH requer a construção de um ambiente organizacional que reconhece, retribui e valoriza a contribuição para os resultados e o mérito das pessoas.

Dessa maneira, o primeiro passo é formular um modelo capaz de identificar as ações dos colaboradores e o esforço empregado para atingir os objetivos do negócio. Também é recomendado estabelecer políticas e processos de remuneração e de carreira para reconhecer tais ações.

Trabalhar os perfis de pessoal e desenvolver talentos para otimizar os resultados

O ideal é traçar políticas que considerem diversos perfis de colaboradores. Nesse processo, deve-se fazer uma análise comportamental dos profissionais que vá além de suas capacidades técnicas e qualificação.

Ao RH estratégico compete, nesse cenário, reconhecer e atrair profissionais que tenham as qualificações e as competências necessárias para a organização. Além disso, deve identificar e difundir os comportamentos característicos esperados e antever novos talentos que poderão gerar mais resultados positivos para a empresa.

Fazer um desenvolvimento estratégico

O trabalho de desenvolvimento era feito anteriormente a partir da consideração de necessidades específicas de áreas e funções, mas nem sempre atendiam à estratégia do negócio. Agora, esse propósito é considerado, assim como os impactos prováveis das tendências do cenário na empresa.

Essa estratégia requer um conjunto de competências empresariais, que dependem das habilidades dos colaboradores para serem sustentadas. O processo de desenvolvimento organizacional deve, portanto, objetivar essas capacidades, a fim de se manter alinhado à estratégia.

Dependendo do porte da companhia, por exemplo, é possível exigir a concepção e a instalação de uma universidade corporativa ou mesmo um perfil de escola de liderança. Em qualquer dos casos, o diferencial é conectar o aprendizado ao resultado do negócio nas ações de desenvolvimento.

Explorar tendências e acompanhar novidades

Essa medida é essencial no contexto atual, no qual as mudanças caracterizam o chamado Mundo VUCA — volátil, incerto, complexo e ambíguo. Esse cenário provoca descontinuidade e a necessidade de as organizações se adaptarem e, principalmente, recomeçarem e se reinventarem para enfrentar as alterações. É assim que serão bem-sucedidas.

Em suma, as inovações do mundo atual fazem com que a equipe de RH estratégico esteja sempre antenada e apta a antecipar as ações. É necessário observar as tendências e as novidades para garantir a capacidade da empresa de responder aos desafios e ter sucesso.

E você, gostou de entender mais sobre esse assunto? Assine nossa newsletter e receba os conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail.

Sobre o autor

DorseyRocha

Deixar comentário.

Share This