Cases

Como os líderes de produção melhoraram em 23,6% por meio da ajuda da DorseyRocha

Escrito por DorseyRocha

O que você vai aprender neste case?

Se a performance do seu negócio está vinculada ao desempenho de uma liderança alinhada e preparada e a produtividade da sua operação depende de equipes que focalizam resultados, este artigo pode ser de grande valia para você. Vamos lhe mostrar como um de nossos clientes — uma importante montadora de automóveis —, trabalhou com a DorseyRocha Consulting para fortalecer o desempenho e a satisfação das equipes no piso de fábrica. Neste caso, você descobrirá:

  • como os líderes de time aumentaram em 25% seu autodesenvolvimento;
  • como melhoraram em 16% sua comunicação;
  • como fortaleceram sua orientação a resultados em 20%;
  • como desenvolveram em 27% sua tomada de decisão;
  • como se tornaram mais flexíveis para mudanças em 25%.

 

Sobre a empresa

A montadora conta com quatro plantas produtivas no Brasil. Treina sistematicamente seus líderes de time de acordo com a cultura de “produção enxuta”, também conhecida como Lean Manufacturing.

 

O desafio

O principal desafio era a falta de preparação do grupo de líderes e encarregados de produção para lidar com as reivindicações dos trabalhadores no ambiente de trabalho, tomar decisões e liderar efetivamente suas equipes.

Neste contexto, a empresa pretendia:

  • criar um ambiente positivo nas equipes;
  • aumentar a satisfação geral de todos;
  • melhorar o diálogo entre as gerações.

Declaração do Plant Manager antes de contratar o treinamento:

“Nosso propósito é não apenas ser a planta reconhecida por entregar os melhores resultados da corporação, mas o ambiente em que pessoas sentem-se felizes em trabalhar. Já alcançamos os melhores resultados em produtividade, porém as pessoas não estão felizes. Nossos líderes precisam ser preparados para criar esse ambiente.”

 

A solução

O projeto foi desenvolvido em três módulos, para mais um grupo de 280 gestores do piso de fábrica. Cada módulo focalizava uma competência-chave de liderança. A avaliação dos resultados efetivos do treinamento deveria ser realizada junto ao grupo de líderes de time e encarregados.

Para os líderes de time os módulos foram:

  1. Autodesenvolvimento;
  2. Comunicação;
  3. Orientação a resultados.

Para os encarregados:

  1. Autodesenvolvimento;
  2. Tomada de decisão;
  3. Flexibilidade para mudanças.

Foi adotada a premissa de que todos os gerentes dos níveis acima, incluindo o Gerente-Geral, devessem participar do treinamento. O objetivo? Garantir maior integração dos gestores — apontada como necessidade importante — bem como o alinhamento da comunicação e da gestão na empresa.

Uma etapa importante na construção do projeto foi o planejamento conjunto “consultoria e empresa” na definição clara dos resultados esperados e dos comportamentos a serem adotados pelos lideres. Os superiores imediatos deveriam orientar seus subordinados antes do treinamento, apontar e contratar com eles os resultados esperados nas respectivas equipes e os novos comportamentos que deveriam adotar. Isso dava foco a todo o treinamento e gerava comprometimento.

Preparamos os gestores para esta “contratação”, considerando os objetivos e conteúdos de cada módulo. Tratava-se de dar uma orientação prática sobre como obter o engajamento e assegurar a transferência dos novos comportamentos dos participantes após o treinamento.

 

Resultados

Usando um instrumento oficial da empresa — a Pesquisa de Avaliação das Competências — o cliente comparou os resultados obtidos no ano anterior ao treinamento com aqueles obtidos no ano após a realização dos módulos e quantificou esta melhora dos resultados.

Com base nos indicadores escolhidos em comum, a melhoria percebida dos líderes de time obteve o seguinte resultado: autodesenvolvimento: 25%; comunicação: 16% e orientação a resultados: 20%. 

Os resultados dos encarregados  foram:

  • autodesenvolvimento: 21%;
  • tomada de decisão: 27%;
  • flexibilidade para mudanças: 25%.

Entusiasmada com todo o processo e resultados, a iniciativa de treinar e desenvolver a liderança de outras unidades foi tomada, em uma demonstração prática da gerência maior da empresa em disseminar os mesmos benefícios e aprendizagem.

Quer resultados assim para a sua empresa? Converse agora com um dos consultores da DorseyRocha Consulting!

Sobre o autor

DorseyRocha

Deixar comentário.

Share This