Mudanças Organizacionais

7 dicas para motivar equipe e conseguir mais resultados na sua empresa

Escrito por DorseyRocha

Encontrar o ponto certo para motivar a equipe no ambiente de trabalho é um grande desafio para os gestores de RH. Manter os funcionários engajados e interessados é essencial para aumentar a produtividade, melhorar o clima organizacional, evitar turnover, entre outros benefícios.

Ao pensar em formas de impulsionar a motivação, é importante ter em mente a relação “prêmio-castigo”, proposta por Daniel Pink no livro “Motivação 2.0”: pessoas estão mais predispostas a “suarem a camisa” quando são recompensadas pelos seus esforços.

Ou seja, quando elas se sentem mais encorajadas e valorizadas, tendem a responder de forma positiva, atuando com maior eficiência e empenho. O efeito? Melhoria dos resultados a curto e longo prazo.

Continue lendo e aprenda 7 dicas importantes para motivar a equipe e se surpreenda com os efeitos que elas podem causar no ambiente organizacional.

1. Encoraje a criatividade dos funcionários

Encontrar soluções criativas para problemas cotidianos do trabalho é algo que pode ajudar bastante a melhorar a rotina organizacional. Porém, é preciso criar um ambiente propício para isso, incentivando esse tipo de postura dos colaboradores.

A criatividade pode e deve seja encorajada;  Algumas formas já encontradas na prática de várias empresas (veja os prêmios da Great Plance to Work) são:

  • concursos e premiações para equipes que encontrarem soluções interessantes para um dado problema rotineiro no ambiente de trabalho;
  • elogiar aqueles que apresentarem propostas que sejam viáveis e interessantes, reconhecendo seus esforços;
  • dar voz e incentivar que falem o que estejam pensando como solução em reuniões de alinhamento;
  • dedicar um espaço (como mural, urna, correio eletrônico etc.) no qual os funcionários poderão enviar sugestões de melhorias.

2. Dê um feedback positivo para motivar a equipe

Lembra-se do que falamos sobre a relação “prêmio-castigo”? Quando uma pessoa é elogiada por determinada ação, tende a repetir esse comportamento a longo prazo, bem como se sente mais motivada por ter sido reconhecida.

Por isso, o feedback positivo para a equipe é essencial, de forma a manter os envolvidos engajados em suas funções. Isso permite que eles continuem repetindo os esforços para serem parabenizados constantemente.

Até mesmo coisas pequenas e que podem ser encaradas como “apenas obrigação” devem ser elogiadas. Por exemplo, o cumprimento da meta determinada para o setor, algo que normalmente seria encarado como “comum”, deve ser elogiado e apreciado pelos gestores e RH.

3. Valorize também as características individuais dos funcionários

Outro ponto importante para motivar a equipe é realizar os elogios de forma individual, a fim de potencializar as características pessoais que conduzem a uma melhoria do time como um todo.

Por exemplo, uma pessoa que tenha uma postura mais analítica ajuda a equipe a evitar erros em geral e, melhor, buscando soluções que acrescentem para o trabalho. É uma característica que pertence àquele colaborador, mas que auxilia no trabalho conjunto. Por isso, deve ser reconhecido.

Ao realizar a avaliação individual, ressalte esses pontos, bem como o quanto eles são importantes para o crescimento do setor. Isso também promove sensação de que a pessoa é indispensável, que é vista e valorizada pela empresa e que faz parte também da equipe, fortalecendo competências.

4. Mantenha um canal de comunicação aberto

Funcionários querem ser ouvidos. Não querem se sentir apenas um número de matrícula na organização. Portanto, é importante que, como uma forma de motivação, a empresa mantenha um canal de comunicação aberto entre colaboradores e gestão.

Muitas vezes, nesses espaços, são oferecidas soluções e ideias que podem, de fato, ser importantes para a empresa.

Além disso, é um bom termômetro do clima organizacional: se há muitas reclamações sobre determinado ponto, é importante avaliar o que está acontecendo, de forma a corrigir o erro e tornar o ambiente mais convidativo para todos.

5. Apoie a flexibilidade no trabalho

Empresas que pensam naqueles que ali trabalham incentivam a flexibilidade em suas rotinas. Em alguns casos, há a necessidade de o funcionário precisar de um tempo específico do horário de trabalho para resolver alguma questão pessoal e, em locais mais inflexíveis, isso se torna inviável.

Ao adotar um banco de horas, por exemplo, ou a possibilidade do home office (caso seja possível), a pessoa poderá compensar o tempo em que não vai poder estar no local de trabalho e oferecer a mesma produtividade mensal.

Com isso, ele sentirá maior confiança por parte da organização e poderá trabalhar tranquilamente. Isso com o sentimento que, caso seja necessário, poderá resolver questões pessoais urgentes com o apoio da empresa.

6. Invista em um ambiente de trabalho diferenciado

O ambiente precisa ser saudável e propício para a realização de um bom trabalho. Voltemos à questão do “prêmio-castigo”: um local que seja confortável, gostoso e bom de exercer suas funções leva a funcionários mais felizes e que se engajarão para devolver isso em forma de produtividade.

Já o desconforto causado por algumas medidas pode causar insatisfação e, com isso, gerar descompromisso e, até mesmo, a saída dos colaboradores.

Alguns exemplos simples para melhorar o ambiente de trabalho nessa linha de eliminar fatores negativos e criar condições higiênicas (como diria o grande guru Frederic Herzberg) são:

  • ofereça possibilidades simples de conforto físico, mas que farão toda a diferença — exemplo: ter uma cozinha que possibilite aos funcionários esquentar suas comidas e almoçar no espaço;
  • provenha climatização adequada e um ambiente ergonômico, que trará conforto físico;
  • ofereça serviços interessantes para os funcionários e que são diferenciais no mercado, como parcerias com academias, livrarias, cursos de especialização, mensalidade garantida em aplicativos de entretenimento (como Spotify e Netflix), entre outros;
  • conceda momentos de entretenimento que aliviem o estresse do ambiente de trabalho, como “casual Friday”, festas de confraternização, entre outros.

São medidas simples, mas que, no final, aumentam a sensação de conforto e bem-estar durante a jornada de trabalho. Se estas condições não são propriamente motivadoras, elas ajudarão em muito a empresa a poder trabalhar em pontos essenciais de motivação propriamente dita como o próximo item.

7. Construa trilhas de carreira que conquistem seus empregados

A possibilidade de construção de trilhas de carreira é um importante motivador para equipes e, também, para as pessoas de forma individual. Por isso, é essencial ter esses “caminhos” organizacionais orientados para as carreiras mais típicas do seu negócio.

Pode-se a partir daí estimar metas, prazos e benefícios de crescimento por trilhas de carreira, e monitorar o quão atrativas e motivadoras elas são para o desenvolvimento das pessoas dentro da organização.

As trilhas de carreira são capazes de comunicar, de forma clara a toda a comunidade os caminhos de crescimento na organização e as possibilidades e requisitos para o desenvolvimento efetivo das carreiras da empresa.

Concluindo

Essas são algumas dicas de como motivar a equipe e que farão seus colaboradores se sentirem mais motivados. A solução. como visto, terá que ser desenhada por sua empresa no ambiente específico em que atua. Não é simples, mas pode fazer a grande diferença. Se quiser mais dicas de como melhorar o seu ambiente de trabalho na empresa, assine nossa newsletter e receba as informações diretamente em seu e-mail!

Sobre o autor

DorseyRocha

Deixar comentário.

Share This